[youtube https://www.youtube.com/watch?v=elvR2uwWqFU?autoplay=1&w=580&h=385]
Conheça como fomos parar em um veleiro e acabar criando o maior canal de náutica do Brasil. Depois de entrevistar diversos velejadores, chegou a hora de chamar dois amigos muito especiais para nos entrevistar . . .

Você tem que estar logado para acessar este conteúdo

Crie um perfil ou acesse com o seu Facebook, Twiter ou Gmail

 

Criar perfil

31 COMENTÁRIOS

  1. Minha casa me rende grana p viver
    .nao tenho coragem de jogar fora..barco e muito caro ainda so se eu conseguir juntar p pegar um de 30.000 que vi, de 24' mas de equipamento vai mais uma bala. Depous q vc tem o barco vc pide viver de charter levar pessoas nad viagens..nomade dogital.mas tenho q aprebder ingles e informática…nao e cousa p brasileiro comum ou um piuco mais que comum..isso q to falando de 'sucata'

  2. Aprendi a velejar em 83 com o Richard Andersen da Dick sail na Guarapiranga. Tive vários veleiros e o último foi um Ranger 22. Também trabalhei em tv muitos anos, mas não consegui convencer minha esposa a viver abordo. Ter um veleiro oceânico só pra laser fica muito caro. Em fim, parabenizo a vcs pela aventura.

  3. Meus amigos, se me permitem trata los assim, assisto todos seus episodios e sou ape nas Mais um dos milhares fans, pessoas sensíveis e que conseguem com simplicidade expressar os Mais puro sentimentos de que,m vive no mar. sou um iniciante na vela , mas logo estarei a bordo do Soneca do tio, para concluir um curso oficial pois até agora só navegava em pequenos veleiros…. parabéns. Muita sensibilidade e emoção a cada episódio tanto que estou voltando lah atras para ver o que perdi, muito obrigado por toda inspiração. Não posso contribuir mas se ajudar for uma forma sou bilíngue e posso ajudar em traduções como vcs tem pedido, se não for algo que tome muito tempo me avisem [email protected]gmail.com, grande abraços e bons ventos….Maurino