[youtube https://www.youtube.com/watch?v=80MspqeDA5U?autoplay=1&w=580&h=385]
Bruno é um velejador que mora em um barco clássico de 29 pés e faz um dos melhores pães que já provamos. Conheça esta receita e muito mais neste vídeo.
PARA APOIAR . . .

Você tem que estar logado para acessar este conteúdo

Crie um perfil ou acesse com o seu Facebook, Twiter ou Gmail

 

Criar perfil

25 COMENTÁRIOS

  1. Muito legal ver pessoas extremamente simples, espontâneas e verdadeiras. Bruno, não foi por acaso cair um veleiro clássico no teu colo. Tem coisas que não se explica, simplesmente acontece. Eu adorei tua entrevista tu es uma "figuraça". Viu como o destino foi generoso? Perdeu uma saidinha até Salvador, mas ganhou uma ida de Natal a Tobago… Coisas do destino… GRANDE entrevista…. Bons ventos.

  2. Meu nome é Daniel, Sou de Niterói e velejei alguns anos no Clube Naval em Charitas, e tive que me afastar da vela por causa da vida… muitos anos depois estou sentindo vontade de voltar pro mar, quem sabe morar nele e me identifiquei muito com o seu jeito de inventar soluções para as coisas do dia a dia, também sou uma espécie de professor Pardal e tb uso garrafas pra guardar mantimentos (pó, grãos, líquidos e macarrão) em terra mesmo e também uso a bike como meio de transporte. O PÃO É MUITO BOM…e todas as demais idéias também. Adorei o desenho do botinho…lembra um pouco os Optimist…nostalgia…Valeu #SAL !

  3. Há muitos anos eu tento convencer a patroa, Rosi, comprei um Kaiaker, em 2006, e só consegui uma vez que ela fosse comigo, na praia do Perequê, Guarujá, mas o mar estava meio agitado e ela mareou, e nunca mais saiu comigo, ai desanimei só sai algumas vezes, por falta de companhia, vejam videos no meu canal. E tudo com a intenção de faze-la amadurecer a idéia de futuramente morarmos em um barco, nem precisava ser um veleiro, mas agora vendo suas postagens, novamente estou pensando em concretizar meu sonho, mas já dei umas indiretas para a Rosi, e ela diz "NEM MORTA, MORO NUM BARCO", mas como a esperança num morre, vendo este post, o Speranza do Bruno Morino me acendeu uma luz no fim do túnel…muito grato por compartilhar conosco…Bons Ventos sempre à todos…